domingo, 13 de dezembro de 2009

PRINCIPAIS DIFERENÇAS ENTRE LIBRAS E LÍNGUA PORTUGUESA



            A dificuldade existente na escolarização dos sujeitos surdos está relacionada com as questões da língua, pois a Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS),é visuo-gestual e sua gramática é diferente quanto a da língua portuguesa. Para o surdo aprender a língua portuguesa na modalidade escrita, ocorre do mesmo modo que a do ouvinte ao aprender uma segunda língua. Antes que ocorra o aprendizado desta segunda língua, deve ser garantido ao surdo, de acordo com o objetivo da Abordagem Bilíngüe, primeiro a aquisição da língua de sinais, que possibilitará ao surdo constituir-se como sujeito da linguagem e, conseqüentemente fornecerá um suporte lingüístico para que ele aprenda uma segunda língua.
            A Libras como toda Língua de Sinais, é uma língua de modalidade gestual-visual porque utiliza, como canal ou meio de comunicação, movimentos gestuais e expressões faciais que são percebidos pela visão; portanto,diferencia da Língua Portuguesa, que é uma língua de modalidade oral-auditiva por utilizar, como canal ou meio de comunicação, sons articulados que são percebidos pelos ouvidos. Mas, as diferenças não estão somente na utilização de canais diferentes, estão também nas estruturas gramaticais de cada língua.




Nenhum comentário:

Postar um comentário